Arte

Agenda Hype: 30º FIG, Festival Latinidades, Smorgasburg e 24 dicas culturais da semana

20 • 07 • 2022 às 14:38
Atualizada em 21 • 07 • 2022 às 12:39
Gabriela Rassy
Gabriela Rassy   Redatora Jornalista enraizada na cultura, caçadora de tendências, arte e conexões no Brasil e no mundo. Especializada em jornalismo cultural, já passou pela Revista Bravo! e pelo Itaú Cultural até chegar ao Catraca Livre, onde foi responsável pelo conteúdo em agenda cultural de mais de 8 capitais brasileiras por 6 anos. Roteirizou vídeo cases para Rock In Rio Academy, HSM e Quero Passagem, neste último atuando ainda como produtora e apresentadora em guias turísticos. Há quase 3 anos dá luz às tendências e narrativas culturais feministas e rompedoras de fronteiras no Hypeness. Trabalha em formatos multimídia fazendo cobertura de festivais, como SXSW, Parada do Orgulho LGBT de SP, Rock In Rio e LoollaPalooza, além de produzir roteiros, reportagens e vídeos.

Alou Brasil! Nesta semana a agenda cultural fez as malas e embarcou em dicas, festivais e eventos espalhados por diferentes estados e regiões. O FIG – Festival de Inverno de Garanhuns e maior evento multicultural da América Latina comemora 30 anos com programação que abraça todas as expressões artísticas, indo da cultura popular ao teatro, passando pelo audiovisual, artesanato e pela moda. Destaque para a homenagem aos 30 anos do movimento manguebeat e para os shows de Chico César com Geraldo Azevedo, Gal Costa, Juçara Marçal, Nando Reis, Lenine, Titãs e Pitty.

Em Brasília acontece a 15ª edição do Festival Latinidades, dedicado à produção artística, cultural e intelectual de mulheres negras. Vão rolar painéis com grandes personalidades negras, além de exposições, feira gastronômica, espaço geek, desfile da beleza negra, o Preta Jam, com instrumentistas e poetas, e muita música. Dentre as apresentações, vale ver Dona Onete, Lia de Itamaracá e a Orquestra Funmilayo com a participação de Luedju Luna homenageando Elza Soares.

Em São Paulo acontece o 2º Smorgasburg, maior festival de comida de rua do mundo, que nasceu em Nova York e ganhou edição em terras paulistanas. Na programação, atrações gastronômicas e artísticas no entorno do Obelisco, em frente ao Parque do Ibirapuera. Tem farofa de Formiga Iça, do Trempe Restaurante, Corn Dog do JK Gastronomia, Choripolvo do Notorious Fish, o Salmon Burguer no pão de arroz empanado do Mygati Food Truck, Ramém Burguer do Vinil Burger e muito mais.

Vem na minha!

#eventos

30º FIG – Festival de Inverno de Garanhuns
Palcos e espaços espalhados por Garanhuns (PE)
De 15 a 31 de julho
Grátis
O maior festival multicultural da América Latina celebra 30 anos ocupando a cidade de Garanhuns com arte popular, música, literatura, teatro, audiovisual, moda, artesanato e exposições. Entre os destaques musicais, shows de Diogo Nogueira, Anavitória, Nando Reis, Lenine, Titãs, Pitty, Duda Beat, Sepultura, Adriana Calcanhoto, Baco Exu do Blues, Felipe Ret, Cordel do Fogo Encantando e Otto. Nesta semana tem homenagem aos 30 anos do movimento manguebeat com nomes como Mundo Livre S/A, integrantes da Nação Zumbi, Siba, Cannibal, Fred 04, Isaar e Alessandra Leão, no dia 21; Ave Sangria e Otto, apresetanado seu novo álbum Canicule Sauvage, dia 23; o show de Chico César com Geraldo Azevedo, além da diva Gal Costa, dia 24.

15º Festival Latinidades
Museu Nacional de Brasília
22 a 24 de julho
Grátis – retirar com antecedência o ingresso no Sympla
A produção artística, cultural e intelectual de mulheres negras ganha destaque no Festival Latinidades. O evento homenageia 50 mulheres negras com diferentes trajetórias como forma de reconhecer a contribuição dessas personalidades à sociedade, como Epsy Campell (Costa Rica), Sueli Carneiro (SP), Kátia Tapety (PI), Mãe Beth de Oxum (PE), Valdecir Nascimento (SA), Mãe Dora de Oyá (DF), Nilcemar Nogueira (RJ) e Mãe Baiana (DF). A intensa programação tem shows, gastronomia, literatura, exposições e espaço geek, com atrações de 10 países e todas as regiões brasileiras. Destaque para o painel “Mulheres negras e indígenas – todas as alternativas passam por nós!”, em parceria com a Mídia Ninja, e para “O papel das narrativas negras na construção e desconstrução de estruturas e visões de mundo”, com a deputada e educadora Érica Malunguinho. Nos shows, destaque para Drik Barbosa (SP), Bixarte (PB), MC Carol (RJ), além da Dona Onete, Lia de Itamaracá e a Orquestra Funmilayo com a participação de Luedju Luna em um show dedicado à Elza Soares.

2º Smorgasburg
Obelisco do Ibirapuera
Sábado e domingo, 23 e 24/7, das 11h30 às 19h30
Grátis
Criado em Nova York, o Smorgasburg, maior festival de comida de rua do mundo, leva atrações gastronômicas e artísticas para o entorno do Parque do Ibirapuera. Entre as operações de destaque está a farofa de Formiga Iça, uma iguaria feita com formiga tanajura pelo Trempe Restaurante. Já o JK Gastronomia levará ao evento uma opção diferente para os amantes de cachorro-quente: o Corn Dog, um hotdog coreano, empanado em uma farinha de milho e batata frita. Amantes dos frutos do mar podem optar pelo Choripolvo do Notorious Fish, um sanduíche com tentáculo de polvo na chapa com chimichurri, aioli, servido na baguete francesa. Ainda com a gastronomia marítima, o Salmon Burguer no pão de arroz empanado, com cream cheese e cebolinha, do Mygati Food Truck, também já está confirmado. O Ramém Burguer, criado pelo Vinil Burger especialmente para o Smorgasburg, está de volta.

Samba do Trabalhador
Pirajá SP
dia 23 de julho, sábado, a partir de 12h
Grátis
Há quase 20 anos, uma roda de samba parou o Andaraí, no Rio de Janeiro, em plena segunda-feira à tarde, atraindo trabalhadores de todas as partes da cidade. Hoje, o Samba do Trabalhador, criado pelo músico e compositor Moacyr Luz, virou um fenômeno. A roda de samba acontece regada a chope gelado, caipirinhas e boas comidinhas do cardápio, com Moacyr, o “padrinho” do Pirajá, e banda interpretando composições clássicas de João Nogueira, Cartola e Paulinho da Viola, além, claro, de sucessos de autoria de Moa, como “Toda Hora”, “Saudades da Guanabara”, “Cabô, Meu Pai”, “Estranhou o quê?” e “Vida da Minha Vida”.

Expresso do Brincar
Parque Ibirapuera
23 e 24 de julho, das 9h às 16h30
Grátis
O projeto itinerante leva o brincar espontâneo como forma de aprendizado para as crianças, como parte da campanha global “Construa o Mundo do Brincar”. O projeto passará por 11 municípios do Brasil para promover a aprendizagem lúdica entre pais e cuidadores a fim de que valorizem o brincar como fator de desenvolvimento integral das crianças e apliquem essas atividades nas rotinas dos pequenos. O projeto idealizado pelo Movimento Unidos Pelo Brincar traz “Estações Temáticas”, nas quais pais, cuidadores e crianças poderão interagir com as atividades de acordo com seus interesses. Cenografado como um trem, o trailer do Expresso do Brincar tem como roteiro, ainda, as cidades de Rio de Janeiro (RJ), Mogi das Cruzes (SP), São José dos Campos (SP), Juiz de Fora (MG), São João del Rei (MG), Belo Horizonte (MG), Uruçuca (BA), Serra Grande, (BA), Mata de São João (BA) e Salvador (BA).

Meneio
Sesc Belenzinho
Sexta, 22,
R$ 40 (inteira)
O novo trabalho da banda Meneio, intitulado “Excerto”, foi gestado ao longo da pandemia. Agora com o trabalho lançado, o grupo sobe ao palco do teatro do Sesc Belenzinho para apresentar não só as as músicas do EP, mas também faixas seus outros dois álbuns. O show tem participações especiais de Sandra-X e Dani Nega.

Shows de Rincon Sapiência e Almério & Martins
Casa Natura Musical
Dias 22 e 23 de julho, sexta e sábado
R$ 30 a R$ 120 (pista)
A Casa Natura Musical recebe dois dias seguidos com shows imperdíveis. Na sexta, a partir das 20h30, Rincon apresenta seu álbum “Mundo Manicongo: Dramas, Danças e Afroreps”, numa viagem pelos mais diversos ritmos, norteado pela musicalidade de vertentes da música pop contemporânea africana. A abertura fica por conta do grupo Engrenagem Urbana com musicalidade que mistura de ritmos, com influências de hip hop, jazz, MPB e reggae. No sábado, a dupla Almério & Martins apresenta show acústico e autoral de lançamento do disco “Almério e Martins ao vivo no Parque”. Acompanhados pelo baixo de Roger Victor e pela guitarra de Juliano Holanda, os cantores e compositores da nova cena musical pernambucana apresentam seus trabalhos autorais, além de músicas de compositores que influenciaram suas carreiras, a exemplo de Alceu Valença e Caetano Veloso.

Rincon Sapiência

#música

Anná | Brasileira
“Música de colagem” foi a marca registrada da multiartista mocoquense Anná em seus trabalhos anteriores (o disco, “Colar”, lançado em 2020 e o EP “Pesada”, seu debut em 2017). Desprender-se dos gêneros e linearidades e deixar os gêneros musicais flutuarem em levadas alternantes é um solo fértil muito explorado por ela. Em seu novo disco, “Brasileira”, as colagens se expandem, assim como a linearidade do tempo e do próprio universo, através do olhar sobre a história da música brasileira das últimas dez décadas.

DJ Carola | Luchadora
Lançado na metade de abril pela imponente holandesa Armada Music, o single ganhou seu próprio videoclipe — a primeira produção audiovisual para uma música da DJ e produtora gaúcha. Em dois minutos e meio, a peça, gravada em São Paulo, e dirigida e roteirizada por Heloísa Oliveira, traz a atuação da própria artista, que aparece em diversas cenas treinando para uma luta de boxe. Em paralelo, vemos cenas de um instrutor (Aaron) praticando com uma menina (Chikaodinaka) que representa Carola na infância. Confirmada no Rock In Rio, Carola foi a primeira brasileira negra a se apresentar no maior festival do gênero, o Tomorrowland da Bélgica.

Letícia Coelho | Brota
A multiartista, compositora e multi-instrumentista Letícia Coelho, de Amparo da Serra, Minas Gerais, apresenta o disco “Brota”. Nele Letícia traz a música de rua (rural e urbana) em diálogo com outras estéticas, como o rock e a música experimental eletrônica. O álbum de 15 faixas é um mergulho da cantora em mundos possíveis, em brechas que podem ser abertas onde menos se espera. A obra inspirou um filme em formato curta metragem que contou com exibição de cinema no SESI Teatro de Bolso, em Belo Horizonte.

Pássaro Vivo | Corredeira
Num futuro distópico, a água é produto raro e no meio do cerrado, as pessoas lutam para sobreviver sem esse bem tão precioso. Essa é a premissa do segundo clipe da banda mineira, que sai com patrocínio da Natura Musical. O nome faz referência à chuva que para muitos chega para renovar as energias e trazer esperança de uma vida melhor.

Eva Figueiredo | Cria
A musicista e cantora apresenta seu debut, um álbum multifacetado e delicado que sai pelo selo YB Music. Cria de criar – criar filho, criar canção, criar mundos possíveis e impossíveis e compartilhar eles com seu público. O álbum é um cartão de visitas para conhecer a artista e a pessoa que é Eva Figueiredo, com arranjos que remetem a MPB acompanhando essa viagem ao mundo de Eva.

Bruno Berle | No Reino Dos Afetos
Com uma sensibilidade surpreendente para composições pop sinceras, o disco do cantor, compositor e multiinstrumentista alagoano Bruno Berle abraça firmemente a seriedade, por meio de canções de amor, vinhetas ambientais, batidas quentes e caseiras e toques suaves de MPB.

#cinema

Casa de Antiguidades, de João Paulo Miranda Maria
O filme tem como personagem-central Cristovam (Antonio Pitanga), um homem simples do interior, que precisa mudar de cidade em busca de melhores condições de vida e trabalho. Porém, ele se depara com uma realidade que desperta, dentro dele, algo que antes não estava escancarado, sofrendo com a solidão e o preconceito dos moradores locais. A estreia nos cinemas, acontece nesta quinta-feira, dia 21 de julho, nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Recife, Manaus, Aracajú e Porto Alegre, com distribuição da Pandora Filmes.

#cênicas

Luiza Mahin – eu ainda continuo aqui
Circo Crescer e Viver RJ
22 a 24 de julho, Sexta e sábado às 20h; Domingo às 17h
A partir de R$10
Abordando a difícil temática do extermínio e o desaparecimento da juventude negra no país, o espetáculo encara a tarefa de jogar luz sobre essa cíclica separação forçada dos filhos que acomete as populações negras há séculos. Dia 25 de julho é o Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha, uma data instituída para dar visibilidade à luta e à resistência de mulheres negras invisibilizadas pela história. Dirigida por Édio Nunes, a peça cruza as histórias de dor de tantas mães com a de Luiza Mahin, personalidade ancestral e mãe do advogado abolicionista e jornalista Luiz Gama – vendido como escravo pelo próprio pai. No elenco estão os atores Cyda Moreno, Marcia Santos, Tais Alves e Jonathan Fontella.

Garotas Mortas, de Selva Almada
Teatro Cacilda Becker SP
Até 24 de julho, Quinta, sexta e sábado, 21h; domingo, 19h
Grátis | Retirada de ingressos com 1h de antecedência
Três feminicídios impunes ocorridos na Argentina, ao longo da década de 1980, foram o ponto de partida do livro Garotas Mortas de Selva Almada, publicado no Brasil pela editora TODAVIA. A partir da investigação desses casos, a autora discute diferentes aspectos da misoginia e da violência de gênero. A adaptação para o teatro é assinada pela coletiva Palabreria, encabeçada pelas artistas pesquisadoras Fernanda Machado, Luiza Romão e Sofia Boito, em uma linguagem de teatro-cinema em que palco e tela estão sempre em diálogo.

#visuais

Movimento Armorial 50 Anos
Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo
De 20 de julho a 26 de setembro
Grátis
A exposição que reúne arte, encontros musicais e conversas sobre a arte armorial entra em cartaz no CCBB. Este importante movimento artístico lançado no Recife, em 18 de outubro de 1970, foi criado e liderado pelo dramaturgo, professor, pintor e consagrado escritor Ariano Suassuna (1927-2014). Com curadoria de Denise Mattar e a coordenação geral de Regina Rosa de Godoy, a exposição ocupará todo o prédio com programação especial de espetáculos musicais e eventos para debater o legado do movimento armorial. Como destaque, o público poderá conferir cerca de 140 obras de arte (a grande maioria nunca havia saído do Recife), em diversos formatos, de artistas importantes para o Movimento Armorial, dentre eles o próprio Ariano Suassuna, Francisco Brennand, Gilvan Samico, Aluísio Braga, Zélia Suassuna e Lourdes Magalhaes.

Fatos Cromáticos
Galeria Lume
Até 20 de agosto, segunda a sexta, das 10h às 19h, e sábado, das 11h às 15h
Grátis
Uma experiência espacial com cores. Preto, branco, vermelho, amarelo, verde e azul foram escolhidos por Eduardo Coimbra, para compor obras tridimensionais, apresentadas na mostra. Com curadoria de Paulo Kassab Jr, a exposição reúne 11 trabalhos inéditos do artista que explora, pela primeira vez, o universo cromático. Nas obras apresentadas, Eduardo trabalha a espacialidade e dialoga com a arquitetura e a paisagem, utilizando madeira, mdf e tinta esmalte.

#literatura

Guilherme de Almeida em Cena
Museu Casa Guilherme de Almeida
21 a 24 de julho
Grátis
O evento homenageia a obra do poeta em seu mês de nascimento e falecimento, apresentando a pluralidade do trabalho do escritor, contemplando desde sua atuação como cronista e crítico de cinema até seu interesse pela cultura japonesa, principalmente pelo haicai 一 modelo de poema de origem japonesa que tem a brevidade como uma de suas características. Neste ano a programação abre inscrições para atividades presenciais e virtuais, por meio do link.

Conte Comigo: Flamengo e Democracia, de Helcio Herbert Neto
Editora Ludopédio
A obra, que reúne depoimentos de torcedores rubro-negros e ex-atletas, resgata o caráter mais livre, antiautoritário e até transgressor do clube. Com prefácio do cantor e compositor Moacyr Luz, conta ainda com a participação de outros músicos, como Jards Macalé; BNegão (Planet Hemp); Ynaiã Benthroldo (Boogarins) e Elza Soares – cujo depoimento póstumo consta na publicação e também para quem a obra é dedicada. Afonsinho, primeiro atleta a conseguir o Passe Livre no futebol brasileiro; Nando Antunes Coimbra, irmão de Zico e também ex-jogador; e a ex-remadora Fabiana Beltrame, campeã mundial na sua modalidade em 2011, são os esportistas que testemunham, a partir das suas experiências, os aspectos mais populares e subversivos do Flamengo. As torcedoras ilustres Luyara Franco – filha da vereadora Marielle Franco, assassinada em 2018 junto com seu motorista Anderson Gomes – e Hildegard Angel, irmã do militante político e antigo remador do Flamengo Stuart Angel, representam a multidão das arquibancadas no livro.

#podcast

MBora Cast
A cantora, atriz e, agora, apresentadora Naiá Camargo conduz o descontraído programa de conversas e entrevistas que sai em áudio e vídeo. A primeira temporada conta com as participações de Preta Ferreira, Isis Broken, Mateus Alves, Juli Baldi, Zudizilla, Lurdez da Luz, Nego Bala, Xavier, Felipe S, Carola, Alessandra Leão e Mauro Farina. As exibições irão acontecer semanalmente, sempre na quinta-feira, às 20h.

#gastronomia

2º Campari Bartender Competition – semifinalistas
A segunda edição da iniciativa que fomenta a mixabilidade de Campari por meio da Red Passion, já tem seus 30 semifinalistas. Os selecionados atuam em bares de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre, onde os novos drinks poderão ser apreciados pelo público de 27 de junho a 25 de julho. Na primeira fase, profissionais criaram um coquetel com Campari inspirado em um filme de sua escolha com a paixão como o tema central. Agora a proposta é criar 2 drinks com Campari, sendo um uma releitura presente na linha do tempo da marca e o outro uma criação autoral do/a candidato/a. Quem provar os coqueteis pode ainda votar através de um QR para escolher o melhor. A final está marcada para 15 de agosto, quando os 3 melhores drinks serão premiados.

Entre os selecionados estão Brian Cavalcante de Souza, do Angatu Restaurante de Tiradentes (MG); Pablo de Melo Rocha, do Moleskine Gastrobar do Ceará; Jakeline Gonçalves Merencio, do Molotov Bar, em SP; e Priscilla Rodrigues Pulcherio, do Garoa Bar Ipanema, no Rio de Janeiro.

Conheça todos os finalistas e bares participantes aqui!

Publicidade

Canais Especiais Hypeness