Ciência

Ansiedade: 5 técnicas de respiração para aliviar os sintomas

15 • 07 • 2022 às 10:45 Roanna Azevedo
Roanna Azevedo   Redatora Diretamente da zona norte do Rio, é jornalista por profissão e curiosa por conta própria. Ama escrever sobre cinema e o universo do entretenimento há mais de dois anos. Tem paixão por tudo que envolve cultura, música, arte e comportamento, além de ficar sempre ligada no que rola no mundinho da comunicação nas redes sociais.

Mesmo que não configure transtorno, a ansiedade é um sentimento capaz de se manifestar nas pessoas de diversas formas. Muitos apresentam dificuldade para dormir e exaustão mental, enquanto outros têm baixa concentração e se comportam de forma agitada. Todos esses sintomas podem ser aliviados com técnicas de respiração que podem ser feitas por conta própria e em qualquer lugar.

Crise de ansiedade e crise de pânico: qual a diferença entre as duas?

Abaixo, reunimos cinco exercícios respiratórios que você pode testar para amenizar os efeitos da ansiedade.

Alterne as narinas

Com a ajuda do dedo indicador, tape uma das narinas, enquanto inspira pela outra. Em seguida, troque o dedo de lugar e solte o ar pela narina que foi bloqueada primeiro. Dê continuidade ao exercício, sempre alternando.

Chás para ansiedade: conheça os benefícios da melissa, da tília e do mulungu

Conte até 7 segundos

O primeiro passo é expirar todo o ar do corpo. Depois, inspire contando até quatro e segure por mais três segundos. Por fim, expire o ar novamente durante sete segundos. Repita a técnica três vezes.

Respiração quadrada (Sama Vritti)

Esse exercício é de origem Hindu e se caracteriza por uma pausa de quatro segundos entre cada etapa de inspiração e expiração. Contando até quatro, inspire pelo nariz e pause por mais quatro segundos. Em seguida, expire pela boca também contando até quatro e pausando por quatro segundos.

Estudo diz que cérebro pode diminuir ansiedade e aumentar foco com envelhecimento

Mantenha as costas eretas

Primeiramente, deite-se ou sente-se com a coluna ereta, colocando as mãos sobre a barriga. Inspire lentamente contando até cinco e, então, pause por dois segundos. Depois, expire devagar contando até seis. É recomendado que esse processo seja feito de 10 a 20 minutos por dia.

Estudo busca voluntários para tratamento com cannabis contra ansiedade e insônia

Respiração harmônica

Sentado com as costas eretas, seja no chão ou em uma cadeira, inspire pelo nariz profundamente. Para expirar, faça um biquinho com a boca. Esse movimento reduz o atrito do ar com o dente e a língua, deixando a respiração mais equilibrada. A técnica precisa ser repetida 10 vezes.

Publicidade

Foto 1: Pexels/Ivan Samkov

Foto 2: Pexels/Monstera

Foto 3: Pexels/Foto de Shyamap Bhattacharyya


Canais Especiais Hypeness