Debate

Barbie vira uma mulher ‘real’, que sofre, engorda e transa, nas mãos de artista sul-africana

01 • 07 • 2022 às 14:35
Atualizada em 15 • 07 • 2022 às 10:44
Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

Se a Barbie representa um padrão de beleza impossível e opressor em um estilo de vida inatingível e superficial, nas mãos da artista sul-africana Annelies Hofmeyr a boneca ganha outra vida: uma vida real. No projeto Trophy Wife Barbie, ela fuma, bebe, engorda, é divorciada, vai ao banheiro, vomita, faz topless – é, portanto, o oposto do imaginário construído ao redor da boneca mais famosa do mundo, postando tudo em seu Instagram.

A Trophy Wife Barbie, com seu "corpo real" e livre do padrão, fazendo topless

A Trophy Wife Barbie, com seu “corpo real” e livre do padrão, fazendo topless

-Artista cria Barbie com medidas de uma mulher real

Logo no primeiro post do projeto, o humor cáustico se estabelece, com uma foto na qual a boneca carrega a cabeça decapitada de seu “ex-marido”, Ken, com legenda que diz: “Eba! Meu divórcio saiu hoje!”. E assim segue a Trophy Wife Barbie, entre roupas para lavar, um corpo real, ressacas pela bebedeira da noite anterior, jantares acompanhada de seu vibrador, e mais. Nas fotos, a boneca aparece com um chifre, como de um cervo, para representar o rótulo imposto sobre as mulheres como de um troféu ou animal a ser caçado.

O primeiro post do perfil, celebrando o "divórcio" da boneca de seu "ex-marido", Ken

O primeiro post do perfil, celebrando o “divórcio” da boneca de seu “ex-marido”, Ken

A Barbie menstruada

A Barbie menstruada

-Laverne Cox se torna a primeira pessoa trans a ganhar uma Barbie em sua homenagem

Nascida na África do Sul, Annelies Hofmeyr atualmente está estabelecida em Toronto, no Canadá, e descreve a si mesma como uma artista conceitual com experiência em design gráfico e joalheria contemporânea. O irônico nome do projeto se refere a uma expressão da língua inglesa: uma “esposa troféu” significa, segundo dicionário Oxford, uma “esposa jovem e atraente, reconhecida como um símbolo de status para o marido”, especialmente se o marido for mais velho que a esposa.

Feliz ano novo: Barbie vomitando em festa de réveillon

Feliz ano novo: Barbie vomitando em festa de réveillon

Barbie fumante

Barbie fumante

-A casa da Barbie existe na vida real – e você pode se hospedar lá

Segundo a artista, a beleza de utilizar a iconografia de uma boneca tão conhecida quanto a Barbie é poder contornar a censura para falar sobre temas mais desafiadores que o usual. “Eu uso o icônico imaginário da Barbie com algumas pequenas mudanças, para explorar questões de gênero e a identidade feminina moderna enquanto sublinho a limitação imposta pelos rótulos”, diz Hofmeyr. A vida muito mais interessante e muito mais real da Trophy Wife Barbie pode ser acompanhada em seu perfil no Instagram.

Barbie se masturbando, entre seus vibradores

Barbie se masturbando, entre seus vibradores

Publicidade

© fotos: Instagram/@trophywifebarbie/reprodução


Canais Especiais Hypeness