Debate

Como um copo de café desvendou um assassinato e levou criminoso à prisão 46 anos depois do crime

25 • 07 • 2022 às 15:21 Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Um copo de café deixado em um aeroporto. Este detalhe tão pequeno e tão simples resolveu um crime trágico cometido há 4 décadas.

Lindy Sue Biechler morreu em 5 de dezembro de 1975, aos 19 anos, no condado de Lancaster, na Pensilvânia, nos EUA. Ela foi morta a facadas em seu apartamento. Vestígios de sêmen foram encontrados em suas roupas íntimas, mas um teste de DNA, em 1995, não foi capaz de identificar o criminoso.

Crime cometido nos anos 1970 foi resolvido por genética genealógica

David Sinopoli nunca esteve entre os suspeitos do crime. E depois de quatro décadas, o material genético encontrado em um copo de café foi encontrado para a Parabon NanoLabs.

A empresa conseguiu sequenciar o DNA e percebeu que o criminoso era descendente de italianos da região da Calábria. Usando dados da imigração da época, a polícia reduziu a amostra de suspeitos para 2.300 pessoas com essa origem e descobriu o nome de Sinopoli, que morava no prédio da vítima.

– True crimes: por que crimes reais despertam tanto interesse nas pessoas?

A polícia passou a investigá-lo e seguí-lo. Sinopoli deixou um copo de café no Aeroporto da Filadélfia e o seu material genético foi coletado pela polícia. Então, seu material genético foi comparado com o sêmen encontrado na cena do crime. Bingo, o criminoso foi achado.

“Este caso foi resolvido com o uso de DNA e especificamente a genealogia do DNA e, honestamente, sem isso, não sei se o teríamos solucionado”, disse Heather Adams, promotora do condado de Lancaster, em entrevista coletiva.

– Fatih Akin dirige filme sobre serial killer que aterrorizou a Alemanha nos anos 70

“Lindy Sue Biechler tinha 19 anos quando sua vida foi brutalmente tirada há 46 anos na santidade de sua própria casa”, disse Adams. “Esta prisão marca o início do processo criminal no caso de homicídio arquivado mais antigo do condado de Lancaster e esperamos que traga algum alívio aos entes queridos da vítima e aos membros da comunidade que, nos últimos 46 anos, não tiveram respostas.”

Publicidade

Fotos: Lancaster County District Attorney's Office


Canais Especiais Hypeness