Inovação

Empresa de biotecnologia faz bacon vegano, couro e embalagens de isopor com cogumelos de laboratório

13 • 07 • 2022 às 09:07
Atualizada em 15 • 07 • 2022 às 10:40
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


A empresa de biotecnologia Ecovative Design arrecadou US$ 60 milhões, um pouco mais de R$ 300 milhões, para financiar seu objetivo de substituir produtos animais e materiais prejudiciais ao meio ambiente por alternativas veganas, derivadas de cogumelos, em uma infinidade de indústrias. 

Por meio de sua plataforma de biofabricação, a empresa fabrica um conjunto de produtos usando diferentes cepas de micélio, os sistemas radiculares de crescimento rápido dos cogumelos. Sob seu braço de alimentos a Ecovative Design pode ajudar a dar estrutura à carne baseada em células. 

O bacon da Ecovative já é usado em alguns restaurantes veganos

Além disso, sob sua plataforma MycoFlex, a empresa cria espumas biodegradáveis ​​que podem ser usadas para criar esponjas de maquiagem, chinelos de spa, espaçadores de dedos e máscaras de folha para reduzir o desperdício na indústria da beleza. A MycoFlex também é útil na indústria da moda como um isolamento vegano e sem petróleo em jaquetas, luvas e calçados. A empresa também desenvolveu o Forager, um couro vegano versátil, e usou anteriormente sua plataforma de biofabricação para produzir embalagens sem isopor para a IKEA.

Campanha da Ecovative para esponja de maquiagem

O fundador da Ecovative, Eben Bayer, disse que os US$ 60 milhões em financiamento serão usados ​​para aumentar sua produção de cogumelos, aproveitar suas linhas de produtos existentes e criar uma plataforma de descoberta para desenvolver novos usos para o micélio. 
https://www.instagram.com/p/CRbafbvhDUJ/?utm_source=ig_embed&utm_campaign=loading
A empresa pretende se tornar uma fornecedora a granel de suas alternativas à base de cogumelos para couro, carne e outros produtos, e desenvolveu um processo de fabricação que pode produzir 100.000 libras de micélio por ano. “O que nossa intenção é fazer não é apenas criar coisas novas realmente empolgantes com a biologia, mas trazê-las para uma escala comercial massiva”, disse Bayer à Albany Business Review.

Publicidade

Fotos: Reprodução / Instagram @ecovative


Canais Especiais Hypeness