Futuro

Marielle Franco virou estátua: o legado da mulher negra símbolo da violência política do Brasil

24 • 07 • 2022 às 19:43
Atualizada em 26 • 07 • 2022 às 19:49
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

No dia 14 de março de 2018, uma mulher preta e representante eleita pela população, foi friamente assassinada. Hoje, mais de 4 anos depois, essa mesma população que a elegeu ainda não sabe quem mandou matar Marielle. Apesar da revolta, é necessário reunir força e manter sua memória viva. Como está escrito na página inicial do Instituto Marielle Franco, “A memória é a semente para novos futuros!”. Pensando nisso, no dia 27 de julho, dia em que a Mari completaria 43 anos de vida, será inaugurada uma estátua em sua homenagem.

 

De alguns anos para cá, diversas estátuas de colonizadores, escravocratas e torturadores foram derrubadas ao redor do mundo inteiro. Agora, segundo o instituto “vamos celebrar e erguer homenagens a quem dedicou sua vida para defender um mundo mais justo e para lutar pelos direitos de todas as pessoas. Mais de 600 pessoas doaram e ajudaram a erguer a estátua”.

O evento de inauguração acontecerá no dia 27 de julho, das 17h às 20h, no Buraco do Lume, centro do Rio de Janeiro. A data é emblemática por ser o dia em que Mari completaria 43 anos, mas também pela proximidade com Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha (25). “Defender a memória de Marielle e de mulheres negras é gerar referências para as novas gerações e lutar por justiça e reparação.” diz o site.

Por que no buraco do lume?

O Buraco do Lume, na Praça Mário Lago, centro do Rio de Janeiro, além de ser um local de grande circulação de pessoas, era o lugar onde Marielle ia toda sexta-feira para prestar contas à população sobre a sua atuação enquanto vereadora e presidenta da Câmara Municipal. “Por conta do seu simbolismo, é lá que vai ficar a estátua da Mari, em tamanho real de 1,75m, em cima do tão conhecido caixote em que ela fazia seus discursos.”

Esta campanha é uma iniciativa do Instituto Marielle Franco, criado pela família de Marielle com o objetivo de defender sua memória, espalhar seu legado. A obra foi criada pelo artista Edgard Duvivier, escultor de inúmeras estátuas na cidade do Rio de Janeiro e em diversas partes do mundo, como as estátuas de Lima Barreto, os Irmãos Rebouças, Garrincha, Jairzinho, Clarice Lispector, Nilton Santos, Zagallo, Pelé, Mujica, entre outros.

Para conhecer mais sobre o Instituto acesse: institutomariellefranco.org

Publicidade

Reprodução: Instituto Marielle Franco e Getty Images.


Canais Especiais Hypeness