Debate

O que se sabe sobre a apreensão de 1 tonelada de cocaína com símbolo nazista no Pará

14 • 07 • 2022 às 09:54 Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

Uma operação da Polícia Federal no Pará encontrou cerca de uma tonelada de cocaína em um sítio na cidade de Curuçá, com pacotes trazendo uma suástica nazista estampando a embalagem. Além do tráfico de drogas, o uso do símbolo nazista também é crime tipificado pela legislação brasileira.

A tonelada de cocaína foi encontrada enterrada no sítio no Pará

A tonelada de cocaína foi encontrada enterrada no sítio no Pará

-‘Cocaína artesanal’ vira febre entre viciados ricos do Reino Unido

A operação prendeu duas pessoas em flagrante, que responderão por tráfico de entorpecentes, e teve início após uma denúncia anônima, que levou a diligências policiais que descobriram o local. A droga foi encontrada enterrada no sítio, localizado no município que pertence à mesoregião do Marajó, no estado do Pará.

Segundo a PF, a suástica na embalagem significa que a droga foi importada ou será exportada

Segundo a PF, a suástica na embalagem significa que a droga foi importada ou seria exportada

-Ex-escravizados lembram rotina em fazenda nazista de SP

Equipes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) e do Núcleo Especial de Polícia Marítima (Nepom) desenterraram a droga e efetuaram as duas prisões. De acordo com a polícia, o símbolo nazista é utilizado para identificar que a cocaína veio de fora do Brasil, ou que seria vendida para o exterior.

O total da apreensão feita pela Polícia Federal no sítio em

O total da apreensão feita pela Polícia Federal no sítio em Curuçá

-Cocaína envenenada mata 20, interna outros 70 e causa comoção na Argentina

Após a conclusão da operação, a Polícia Federal não informou o valor no qual a carga de cocaína foi avaliada. As duas pessoas presas e os diversos tabletes foram transportados para a Superintendência Regional da Polícia Federal em Belém, onde foram efetuados os procedimentos de flagrante. Além do crime de tráfico, a pena prevista para uso de símbolo nazista no Brasil é de 2 a 5 anos de reclusão, mais multa.

Publicidade

Canais Especiais Hypeness