Debate

ONU aceita mudança do nome inglês da Turquia para Türkiye; entenda a polêmica

01 • 07 • 2022 às 14:37
Atualizada em 01 • 07 • 2022 às 14:39
Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

As Nações Unidas aceitaram o pedido do presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdoğan, para que o país passe a ser chamado como Türkiye em inglês, e não mais “Turkey”, como é referido. Com isso, muda-se também a maneira de pronunciar o nome, instituindo a forma no turco original, próxima da prosódia como falamos “Turquia” em português, mas com som de “e” no lugar do “a” ao fim.

Turquia

A Turquia entrou com pedido de reconhecimento para ser nomeada Türkiye em inglês

-Imagens mostram nomes de lugares do mundo que você tem pronunciado errado

Mas o que estaria por trás dessa mudança tão simbólica e expressiva para o país no palco internacional? Em princípio, essencialmente o desejo de não mais ver o nome do país associado ao peru, ave típica relacionada ao Ano Novo, ao Natal ou ao feriado de ação de graças, nos EUA, que, em inglês, se chama justamente “Turkey”. Segundo consta, o nome igual ao da ave seria motivo de diversas piadas com o país e sua população.

O presidente turco Recep Tayyip Erdoğan na ONU

O presidente turco Recep Tayyip Erdoğan na ONU

-Peru não é da Turquia nem do Peru: a curiosa história da ave que ninguém quer assumir

Outro motivo apresentado para a mudança foi um significado, supostamente comum na língua inglesa, para a palavra como sendo “algo seriamente errado”, uma “pessoa estúpida ou tola” ou algo “falido”. Além do reconhecimento na ONU e no palco político internacional, a mudança busca alterar os rótulos dos produtos produzidos no país, que passarão a trazer a informação “Made in Türkiye” para exportação, bem como uma campanha turística, lançada em janeiro, com o slogan “Hello Türkiye”.

-Ele passou 12 anos fotografando a janela de um prédio de Istambul e o resultado é poesia pura

Segundo o presidente Erdoğan, o novo nome representa melhor a cultura e os valores do país: para comentaristas locais, o esforço também se dá como tentativa de afirmação  política, ai não se submeter à forma como o ocidente se refere ao país em língua inglesa. A Turquia enfrenta uma de suas piores crises econômicas e sociais em décadas, com Erdoğan, que já se encontra no poder há duas décadas, tentando mais uma reeleição: a mudança teria também função de mascarar a crise diante da eleição.

Diplomata turca Ayse Inanc na ONU, já utilizando a placa com a nova nomenclatura do país

Diplomata turca Ayse Inanc na ONU, já utilizando a placa com a nova nomenclatura do país

-Artista brinca com a perspectiva para retratar Istambul como você nunca viu

Ainda que o nome em inglês também seja utilizado, a maioria da população turca já se refere ao próprio país como Türkiye. Mudanças desse tipo não são raras: em 2020, a Holanda alterou seu nome para Países Baixos e, antes, a Macedônia passou a se chamar Macedônia do Norte. No ano passado, o Partido Maori entrou com uma petição pela alteração do nome da Nova Zelândia para Aotearoa, forma do nome do país em Te Reo Mãori, idioma do país antes da colonização.

Cidade de Istambul

Cidade de Istambul: a população local já se refere ao país como Türkiye

Publicidade

© fotos 1, 2, 3: Getty Images

© foto 4: Shutterstock


Canais Especiais Hypeness