Ciência

Pandemia de Covid pode ter transformado o impacto dos outros vírus

07 • 07 • 2022 às 10:04
Atualizada em 11 • 07 • 2022 às 10:09
Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

A pandemia alterou nosso “calendário” de viroses por completo, bem como a forma como nosso organismo reage e se comporta diante de outras viroses e doenças sazonais. A conclusão é apontada por reportagem da BBC, partindo de diversas pesquisas analisando os efeitos colaterais da Covid-19 não somente sobre nossa saúde, mas também, a partir dos comportamentos que a pandemia exigiu, como o uso de máscaras e o isolamento social, sobre outras doenças.

O impacto da pandemia da Covid-19 pode ser sentido também pelo efeito de outros vírus posteriores

O impacto da pandemia da Covid-19 pode ser sentido também pelo efeito de outros vírus

-Do coronavírus a gripe espanhola: as maiores pandemias da humanidade

Como aponta a reportagem, o mundo todo percebeu que, na primeira fase da pandemia, a permanência em casa e em isolamento, bem como o uso de máscaras, fez com que doenças como a gripe comum simplesmente desaparecesse em 2020 e até meados de 2021, assim como o VSR, responsável pela bronquiolite em crianças pequenas, e o rinovírus. Curiosamente, porém, quando esses vírus começaram a reaparecer, vieram fora da época usual, e com força especial.

As crianças, menos imunizadas ou ainda não vacinadas, viveram uma "baixa de imunidade"

As crianças, menos imunizadas ou ainda não vacinadas, viveram uma “baixa de imunidade”

-Bill Gates previu pandemia do novo coronavírus; veja vídeo em português

As doenças típicas do inverno começaram a surgir no verão de 2021, até mesmo em adultos e, com a chegada dos meses frios de inverno, as viroses apareceram em maior quantidade e intensidade, como acontece atualmente – incluindo a própria alta de casos de Covid-19, especialmente entre crianças. A queda nos casos de gripe em 2020 teria causado também um “déficit de imunidade”, que provocou não somente as altas seguintes, como o se somou aos efeitos da própria Sars-Cov-2, agravando outras doenças.

As gripes vieram fora de época e com maior intensidade com a redução do isolamento

As gripes vieram fora de época e com maior intensidade com a redução do isolamento

-O impacto global que a ausência dos turistas chineses pode causar após restrições sanitárias

Vale lembrar, porém, que quem mudou fomos nós, e não os vírus. Assim, o impacto e as transformações causadas pela pandemia podem nos ensinar novas lições sobre o que fazer agora para amenizar possíveis quadros futuros. Manter a vacinação em dia, e não somente contra a Covid-19, é o primeiro passo, para proteger crianças e adultos contra patógenos que já possuem imunizantes eficazes disponíveis.

Os efeitos da Covid-19 também ampliaram os sintomas de outras viroses

Os efeitos da Covid-19 também ampliaram os sintomas de outras viroses

O segundo é perceber que comportamentos de segurança, como o uso de máscaras e o isolamento ocasional, quando estamos doentes, podem evitar o alastramento ou o agravamento de doenças comuns. Usar máscaras e ficar em casa quando gripados, por exemplo, deveria se tornar hábito recorrente depois da experiência da pandemia, a fim de evitar novos quadros semelhantes. A reportagem da BBC assinada por Paula Adamo Idoeta pode ser lida aqui.

A conclusão aponta para a importância da vacinação e de cuidados de quem está doente

A conclusão aponta para a importância da vacinação e de cuidados de quem está doente

Publicidade

© fotos 1, 2, 3, 4: Getty Images

© foto 5: Ministério da Saúde/Flickr/CC


Canais Especiais Hypeness