Futuro

Projeto de ressocialização de adolescentes envolvidos com o tráfico tem reincidência zero

20 • 07 • 2022 às 09:36 Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Reincidência zero. Esse é o resultado até agora do Partiu Aula na Justiça, projeto pioneiro no país executado no Rio Grande do Sul que busca ressocialização de adolescentes em conflito com a lei por meio da cultura e da educação. Na quinta-feira (14), ocorreu a formatura de oito adolescentes. É a terceira até o momento.

 

No total, 25 adolescentes já se formaram no projeto. A cada turma são escolhidos dois monitores, que recebem uma bolsa pelo período de um mês para auxiliar nos trabalhos. O Partiu Aula na Justiça tem duração de até dois anos, sendo que ainda restam 81 vagas. A maioria dos adolescentes que integra o projeto foi flagrado cometendo o ato infracional de tráfico de drogas. Quem já passou pelo Partiu Aula na Justiça teve os currículos encaminhados para a colocação no mercado de trabalho.

Rafa criou o Partiu Aula em 2013. Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

O resultado das cinco oficinas que compõem a iniciativa, ministradas pelo rapper Rafael Diogo dos Santos, conhecido como Rafa Rafuagi, foi uma composição (letra e música), produção e interpretação pelos próprios adolescentes de uma música gravada em videoclipe, revelado durante a formatura na quinta-feira (14), em cerimônia no Centro Integrado de Atendimento da Criança e do Adolescente (Ciaca).

Conheça o projeto

A iniciativa do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ), em parceria com o Ministério Público (MP) e o Ministério Público do Trabalho (MPT), e apoio da Defensoria Pública do Estado, pretende reverter o atual cenário de envolvimento de adolescentes com o tráfico de drogas. Por meio da arte, da cultura e da música, o Partiu Aula na Justiça busca estimular os participantes ao senso crítico e à reflexão sobre os atos praticados.

Sob comando de Rafa, adolescentes criaram uma música. Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Em turmas de, em média, 10 jovens, eles participam de quatro encontros no auditório do Centro Integrado de Atendimento da Criança e do Adolescente (Ciaca), em Porto Alegre, e um encontro externo, que acontece em algum ambiente que trate de cultura. Quem aceita participar tem o processo suspenso. Se concluir, poderá ter a extinção da ação. No entanto, se não continuar, o processo segue.

O Partiu Aula foi criado por Raffa em 2013 e já atingiu mais de 30 mil jovens e está sendo executado na Justiça pela primeira vez. A iniciativa contribui para mediação de conflitos em escolas públicas. Ou seja, na relação entre educador e educando. Em 2019, ganhou um prêmio da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Publicidade

Fotos: Mateus Bruxel / Agencia RBS


Canais Especiais Hypeness