Viagem

Voto em trânsito: saiba como participar das eleições mesmo se estiver fora de seu estado

20 • 07 • 2022 às 09:29
Atualizada em 22 • 07 • 2022 às 10:12
Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

Eleitores que estarão fora de seu domicílio eleitoral já podem solicitar o voto em trânsito, para participar da eleição que acontecerá nos dias 2 de outubro, no primeiro turno, e 30 de outubro para um segundo turno eventual. A solicitação deve ser feita em um cartório eleitoral, e o prazo vai até o dia 18 de agosto: é importante lembrar que os votos em trânsito só podem ser realizados em capitais ou municípios com mais de 100 mil eleitores.

É preciso estar com o título regularizado para realizar a solicitação e votar

É preciso estar com o título regularizado para realizar a solicitação e votar

-Morando em outro estado? Saiba como transferir título e votar nas eleições

Quem estiver em outra cidade de sua zona eleitoral, mas ainda dentro do mesmo estado, poderá votar nos cinco cargos que serão eleitos em outubro: presidente, governador, senador, deputado federal e estadual. Se o eleitor em trânsito, porém, estiver em outro estado, só poderá participar da eleição para presidente da república: somente é possível votar em trânsito fora do Brasil para presidente quem possui o título cadastrado no exterior.

Se estiver fora do seu estado eleitoral, só é possível votar em trânsito para presidente

Se estiver fora do seu estado eleitoral, só é possível votar em trânsito para presidente

-Urna eletrônica: artigos especializados sublinham segurança para ninguém repetir fake news

Para solicitar o voto em trânsito, é necessário estar com o título de eleitor regularizado, sem qualquer pendência com a Justiça Eleitoral. Ausências em eleições passadas ou multas que não foram pagas, por exemplo, tem de ser colocadas em dia para que o pedido possa ser feito em um cartório eleitoral. É possível solicitar o voto em trânsito para um ou dois turnos, e não há opção de solicitação virtual: o pedido tem de ser feito presencialmente nos cartórios.

O voto em trânsito não é permitido fora do país: nesses casos, é preciso de cadastrar na embaixada

O voto em trânsito não é permitido fora do país: nesses casos, é preciso de cadastrar na embaixada

-Eleitora que sofreu queda não desiste e vota em maca após ser atendida pelo SAMU

Para saber onde será possível realizar o voto em trânsito, é preciso acessar os sites dos Tribunais Regionais Eleitorais de cada estado, e consultar os mapas com os locais de votação. Quem não realizou transferência eventual de título dentro do prazo, que se encerrou em maio, só poderá fazer uma nova transferência após as eleições. Encerrado o próximo pleito, quem tiver feito o pedido de voto em trânsito voltará seu vínculo automaticamente para sua seção eleitoral original. Para consultar sua situação eleitoral ou levantar maiores informações, acesse o site do TSE.

Publicidade

Canais Especiais Hypeness