Sustentabilidade

Borboleta-monarca entra para lista de espécies ameaçadas de extinção e preocupa cientistas

05 • 08 • 2022 às 10:34 Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

As borboletas-monarcas são provavelmente um dos insetos mais famosos do mundo. Sua coloração alaranjada e suas viagens incríveis fazem com que essa seja um dos lepidópteros mais surpreendentes do mundo. Contudo, a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) confirmou na última semana que esta espécie entrou em risco de extinção.

A entidade classificou que as borboletas monarcas entrou na classificação ‘Endangered’, ou seja, ‘Em perigo’, de espécies ameaçadas de extinção. Caso o inseto continue perdendo seu habitat para os humanos, ele deve entrar na classificação ‘Critically Endangered’, que antecede a extinção na natureza.

Borboleta monarca é uma das espécies mais importantes para o meio-ambiente nos EUA; seu desaparecimento pode indicar caminho trágico para espécies aqui no Brasil

A IUCN é uma das principais organizações no mundo para a sistematização da conservação das espécies ao redor do mundo. Ela organiza e cria parâmetros para conseguir avaliar o estado de gêneros e espécies no planeta.

Agora, ela considera que as borboletas monarcas migratórias estão em extinção. Outros tipos – como a monarca do Sul, espécie similar que vive no Brasil – ou monarcas não-migratórias não estão no mesmo nível de risco. Então, o que isso significa?

O desaparecimento das monarcas migratórias tem um impacto similar à redução populacional das abelhas. Estes agentes polinizadores são essenciais para a manutenção do meio-ambiente em toda a América do Norte. Seu traslado entre o planalto mexicano e o Canadá é responsável pela vida de milhares de espécies.

– Artista de rua francês espalha imensas borboletas pelas paredes de cidades do mundo todo

“É difícil ver as borboletas-monarcas e sua extraordinária migração à beira do colapso, mas há sinais de esperança. Muitas pessoas estão unidas para proteger essa borboleta e seus habitats”, explica Anna Walker, membro do Grupo de Especialistas em Borboletas e Mariposas da IUCN SSC e Oficial de Sobrevivência de Espécies da New Mexico BioPark Society, que liderou a avaliação da borboleta monarca.

Para ela, é essencial replantar seus habitats naturais, reduzir o uso de pesticidas, apoiar a proteção de locais de hibernação e contribuir para a conservação entre as comunidades locais. A cientista avalia que a sociedade tem um papel a desempenhar para garantir que esse inseto icônico se recupere totalmente.

“Para preservar a rica diversidade da natureza, precisamos de áreas protegidas e conservadas eficazes e bem governadas, juntamente com ações decisivas para combater as mudanças climáticas e restaurar os ecossistemas. Por sua vez, a conservação da biodiversidade apoia as comunidades, fornecendo serviços essenciais, como alimentos, água e empregos sustentáveis”. disse Bruno Oberle, diretor geral da IUCN.

Publicidade

Canais Especiais Hypeness