Ciência

Erva-cidreira: conheça os benefícios do chá da planta

02 • 08 • 2022 às 16:58
Atualizada em 02 • 08 • 2022 às 16:58
Roanna Azevedo
Roanna Azevedo   Redatora Diretamente da zona norte do Rio, é jornalista por profissão e curiosa por conta própria. Ama escrever sobre cinema e o universo do entretenimento há mais de dois anos. Tem paixão por tudo que envolve cultura, música, arte e comportamento, além de ficar sempre ligada no que rola no mundinho da comunicação nas redes sociais.

Conhecida cientificamente como Melissa officinalis, a erva-cidreira, ou simplesmente melissa, é uma planta arbustiva natural do Mediterrâneo e da Ásia. Rica em vitaminas A, do complexo B, C e E, ela tem propriedades, calmantes, analgésicas, antioxidantes e anti-inflamatórias, sendo bastante utilizada no tratamento de diversas doenças.

Abaixo, listamos os principais benefícios dessa planta medicinal tão popular e versátil:

Combate a insônia

O ácido rosmarínico e os outros compostos fenólicos presentes na erva-cidreira têm propriedades calmantes, sendo bastante efetivos no combate à insônia. Se combinada com valeriana em chá, a planta também é capaz de melhorar a qualidade e os distúrbios do sono, além de amenizar a agitação.

Alivia a ansiedade

O ácido rosmarínico composto na erva-cidreira também é responsável por aumentar a atividade dos neurotransmissores no cérebro, causando sensação de bem-estar e tranquilidade e diminuindo os sintomas da ansiedade.

Estudo diz que cérebro pode diminuir ansiedade e aumentar foco com envelhecimento

Melhora as dores de cabeça

Mais uma vez o ácido rosmarínico entra em ação: suas propriedades analgésicas ajudam a relaxar os vasos sanguíneos e liberar a tensão dos músculos. Por isso, a erva-cidreira também é bastante efetiva no tratamento das dores de cabeça.

Trata problemas gastrointestinais

A presença de citral na composição da erva-cidreira desestimula a produção de substâncias que causam a contração do intestino, inibindo a formação de gases. A planta é muito útil no tratamento da indigestão, refluxo gastroesofágico, náuseas, vômitos e dor de estômago.

Estudo busca voluntários para tratamento com cannabis contra ansiedade e insônia

Reduz os sintomas da TPM

A intensa atividade dos neurotransmissores causada pelas propriedades do ácido rosmarínico também atuam no combate aos sintomas da TPM, como ansiedade, mau humor e nervosismo. Além disso, os componentes analgésicos e antiespasmódicas são capazes de amenizar as cólicas menstruais.

Acelera a cura da herpes labial

Juntamente com o rosmarínico, os ácidos cafeico e felúrico que compõem a erva-cidreira inibem a multiplicação do vírus causador da herpes labial, o que contribui para a cicatrização e o alívio dos sintomas típicos da doença.

Eliezer, com herpes labial, beija Natália no ‘BBB’ e a gente explica como prevenir vírus

Como preparar o chá de erva-cidreira?

Você vai precisar de:
1 xícara de água
1 colher de sopa de folhas de erva-cidreira

Primeiro, ferva a água e acrescente as folhas de erva-cidreira. Tampe e reserve o recipiente durante alguns minutos. Por fim, coe e beba de 3 a 4 xícaras por dia.

Quais são as contraindicações?

Pessoas que tomam medicamentos para tratar a insônia ou a tireoide devem evitar o consumo da erva-cidreira. É importante que grávidas e lactantes consultem um médico antes de ingerir o chá da planta.

Também recomenda-se que adultos consumam a erva durante quatro meses, no máximo, e crianças, um mês, apenas. A ingestão excessiva da planta pode causar náuseas, vômitos, tontura, dor abdominal, queda de pressão, sono, problemas de respiração e com a frequência cardíaca.

Publicidade

Foto 1: Reprodução/Emporio Folha e Vida

Foto 2: Reprodução/A Botica Do Chá

Foto 3: Reprodução/Maria Tyutina


Canais Especiais Hypeness