Debate

Seguido por mais de 1 milhão nas redes sociais, ‘Hulk brasileiro’ vivia isolado em cidade do interior

02 • 08 • 2022 às 14:46
Atualizada em 02 • 08 • 2022 às 14:58
Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

“Hulk Brasileiro” é o nome popular de Valdir Segato, que acumulava mais de 1,6 milhão de seguidores nas redes sociais. O homem era conhecido por seu visual pouco usual, com músculos extremamente saltados. Com mais de 19 milhões de curtidas no TikTok, ele era um verdadeiro influenciador.

Valdir faleceu na última terça-feira (26) em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, após passar mal na sua casa. Aquele era o dia de seu aniversário. Ele comemoraria 55 anos de idade. Agora, pessoas próximas ao “Hulk Brasileiro” revelam que, apesar de toda a fama, ele era um homem recluso e bastante reservado.

Hulk Brasileiro tinha músculos criados por inflamação com óleo mineral; produto é altamente arriscado para a saúde

“Sempre era na dele. Ficava na frente da casa, fazendo live, Tik Tok, falava com o pessoal [seguidores], mas não conversava muito com as pessoas [vizinhos]. Eu conversava com ele porque não fazia muitas perguntas para ele”, diz Antônio Jadson da Conceição, de 34 anos, vizinho de Valdir, ao G1.

Produto arriscado para inchaço muscular

A causa da morte de Segato não foi revelada pelas autoridades paulistas, mas sabe-se que o bodybuilder fazia a aplicação do óleo de Synthol no corpo. Em entrevista ao Daily Mail, ele revelou que aplicava a substância mineral – considerada extremamente arriscada pelos médicos – para ganhar os músculos grandes que lhe deram sucesso nas redes sociais.

“Não tem como não ficar abalado. Era uma pessoa bem isolada, mais na dele, uma pessoa super gente boa, não fazia mal a ninguém. O único mal que ele fazia era para ele mesmo, usando aquelas coisas no corpo, aplicando aquele óleo, Synthol, no corpo, que acabou prejudicando”, completou.

O medicamento causa uma inflamação nos músculos extremamente dolorosa, mas que provoca crescimento sem necessidade de exercícios. “Injetado intramuscular, o óleo se espalha entre as fibras musculares e inflama, o que causa o crescimento do músculo. Imagino que seja uma inflamação dolorosa, como uma injeção de benzetacil”, diz Andressa Heimbecher, endocrinologista membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Regional São Paulo (SBEM-SP), ao Terra.

Publicidade

Fotos: Reprodução/TikTok/hulkbrasileiro


Canais Especiais Hypeness