Debate

Varíola dos macacos: médico acusado de homofobia contra paciente é afastado e ficará sem salário

01 • 08 • 2022 às 16:28 Redação Hypeness
Redação Hypeness Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

O ator Matheus Góis, 23, foi vítima de homofobia após se consultar com um médico por apresentar sintomas de varíola dos macacos. O caso aconteceu na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Central de Santo André, na região metropolitana da capital paulista.

À Folha de São Paulo, Góis relata que o médico lhe destratou após saber que ele havia recebido encaminhamento do centro de ISTs da unidade de saúde. O profissional de saúde foi afastado pela prefeitura santoandreense, que instaurou processo administrativo para averiguar a atitude do médico.

Varíola dos macacos têm sido alvo de debates entre autoridades de saúde; doença já supera os mil casos no Brasil

O jovem relata ter sofrido tratamento hostil do médico.  “Assim que eu entrei na sala, ele me olhou dos pés à cabeça e obviamente viu que eu era gay. Depois, ele só olhou para mim na hora que perguntou se eu tinha doença. Foi bem rude. Pelo prontuário, ele sabia de onde eu tinha vindo, porque nesse centro de especialidade eu faço acompanhamento de PrEP (Profilaxia Pré-Exposição, terapia de prevenção ao HIV)”, conta.

A varíola do macaco foi associada pela Organização Mundial da Saúde a comunidade HSH (homens que fazem sexo com homens). A decisão da entidade está sendo criticada pela comunidade LGBTQIA+, que teme uma estigmatização similar àquela criada pela sociedade durante o surgimento da HIV há mais de 40 anos.

Matheus afirma que fez as denúncias nas redes sociais depois de sofrer o tratamento do médico. “Eu faço o relato porque as duas médicas não me trataram assim. Elas realizaram o processo padrão de acolhimento e não me perguntaram nada. Não sabia que ia dar repercussão. Achei importante falar porque pode ter outros casos”, afirma Góis, que também denunciou o caso nas redes sociais.

Ator relata ter sido vítima de homofobia durante atendimento médico em Santo André (SP)

Posteriormente, o jovem foi diagnosticado com a doença. Até agora, uma pessoa morreu com a doença no Brasil. Duas crianças já foram diagnosticadas com o vírus, que não possui espalhamento como o da covid-19, mas preocupa autoridades de saúde.

Publicidade

Fotos: Arquivo Pessoal Foto 1: © Getty Images


Canais Especiais Hypeness