Sustentabilidade

Como fazer uma horta orgânica em casa e se livrar dos agrotóxicos

15 • 12 • 2022 às 15:43 Kauê Vieira
Kauê Vieira   Sub-editor Nascido na periferia da zona sul de São Paulo, Kauê Vieira é jornalista desde que se conhece por gente. Apaixonado pela profissão, acumula 10 anos de carreira, com destaque para passagens pela área de cultura. Foi coordenador de comunicação do Projeto Afreaka, idealizou duas edições de um festival promovendo encontros entre Brasil e África contemporânea, além de ter participado da produção de um livro paradidático sobre o ensino de África nas Escolas. Acumula ainda duas passagens pelo Portal Terra. Por fim, ao lado de suas funções no Hypeness, ministra um curso sobre mídia e representatividade e outras coisinhas mais.

Ter uma horta orgânica dentro de casa é o sonho de muitas pessoas. Atingir o objetivo com sucesso, no entanto, é uma história completamente diferente. 

Cada casa é um caso. Para conseguir cuidar de uma horta orgânica, você precisa aliar algumas coisas: como luz do Sol, sombra e nível de calor. Assim, as frutas, temperos e hortaliças podem crescer com qualidade e alegria. 

Antes de seguirmos com dicas práticas para você colocar sua horta orgânica de pé, é preciso ressaltar o benefício do consumo de alimentos sem a presença excessiva de agrotóxicos

Horta orgânica faz bem para a saúde

O que são alimentos orgânicos?

Os chamados alimentos orgânicos levam esse nome por causa da maneira que são cultivados, geralmente sem a utilização de compostos químicos. Isso quer dizer que frutas e verduras crescem de forma natural. 

Com isso, os alimentos orgânicos estão fora da categoria dos chamados Organismos Geneticamente Modificados (OGM), os chamados alimentos transgênicos. 

Menos veneno, mais saúde 

O Brasil é o país que mais consome agrotóxicos no mundo. Aqui, se utiliza inclusive rótulos vetados pela União Europeia pelo alto risco de doenças como o câncer. 

O emprego dos compostos químicos aumentou consideravelmente nos últimos quatro anos, com destaque para 2018, que registrou 500 mil toneladas de agrotóxicos despejadas nas lavouras, alçando o país ao topo da lista. Tem mais, em 2020, o Brasil aprovou uma quantidade recorde de 493 produtos. 

Consumir alimentos orgânicos é uma medida protetiva contra a deterioração da saúde provocada pelas frutas e verduras produzidas em larga escala e, portanto, com altos níveis de compostos químicos. 

Um estudo de 2018 da JAMA Internal Medicine (Journal of the American Medical Association) atesta que o consumo de alimentos orgânicos reduz em até 25% o risco de desenvolver algum tipo de câncer

Ideias de hortinhas para apartamento: 

 

Como fazer uma horta orgânica em casa?

Com as informações em mente, é hora de colocar a mão na massa. Primeiro, você precisa ter certeza sobre a incidência de luz na sua casa. Este é um passo importante, já que hortaliças, em sua grande maioria, precisam de até seis horas de Sol por dia. 

A luz indireta do Sol é essencial para temperinhos utilizados no nosso dia a dia como manjericão, coentro, salsa e orégano.

Não se esqueça de garantir uma boa qualidade do solo. Os nutrientes são vitais para que as hortaliças se desenvolvam sem grandes sobressaltos. Por isso, especialistas indicam vasos com pelo menos 50% de areia e outros 50% de compostos

A areia representa um ponto importante pela capacidade de facilitar a drenagem, evitando assim o excesso de água – que pode ser fatal para sua hortinha orgânica. Prefira sempre regar a horta no começo da manhã ou final da tarde. 

Além disso, você vai precisar de uma boa dose de adubo. Nós temos uma matéria com dicas de compostagem para facilitar sua busca por fortalecedores do solo (leia aqui).

Uma horta orgânica saudável te livra do consumo de agrotóxicos

O eventual surgimento de pragas não deve ser combatido com substâncias industrializadas, que resultariam na perda do sentido de se cultivar uma horta orgânica. 

Prefira sempre receitas caseiras. As pragas mais comuns são cochonilhas e pulgões, que roubam os nutrientes das plantas. A dica é bater pimenta e alho no liquidificador, depois diluir com 100 ml da mistura a cada 10 l de água, para em seguida pulverizar o inseticida natural nas áreas atingidas. 

Um solo com boa capacidade de drenagem, luz do Sol indireta e atenção com a presença de pragas vão garantir uma horta orgânica, saudável, proporcionando uma verdadeira feira dentro da sua casa.

Publicidade

Fotos: Getty Images e Pinterest


Canais Especiais Hypeness